Como os hackers cortam - preocupações dos especialistas da Semalt

Em todos os fatores on-line que envolvem um servidor, geralmente há um risco de invasão. A Internet inclui um usuário enviando e recebendo informações para um servidor. Como resultado, a maior parte do desenvolvimento da web se concentra no usuário e não na estabilidade do sistema. Por esse motivo, as pessoas criam um site de comércio eletrônico que só pode executar essas tarefas de maneira exemplar, ignorando o fato de que indivíduos com más intenções também podem usar essa chance. Como resultado, a segurança do seu site e a dos seus clientes dependem da eficácia com que você pode combater as tentativas de invasão.

Existem muitas maneiras pelas quais as pessoas executam seus hacks. O objetivo dos hackers é encontrar entradas não autorizadas on-line e obter acesso a informações que permanecem no banco de dados do servidor. Em alguns casos, eles podem tentar derrubar um site usando redes de bots ou outros meios maliciosos. Muitas pessoas que estão criando sites como blogs ou sites de comércio eletrônico se perguntam como os hackers executam seus hacks. Para que se possa configurar os meios e mecanismos de prevenção de hackers, é necessário entender como os hackers invadem sites.

Jack Miller, gerente de sucesso do cliente da Semalt , especifica alguns métodos que os hackers usam, como abaixo:

Ataques entre sites (XSS)

Esses são códigos mediados pelo usuário que podem ser executados em um servidor e atacar um computador vulnerável. O hacker começa enganando o usuário a clicar em um link que é prejudicial. Esse link executa um script no navegador, onde o hacker encontra canais de uso de outras explorações. Por exemplo, o hacker pode pegar todos os dados do navegador, como senhas e cache. O hacker também pode usar os recursos do navegador como um microfone e a webcam remotamente sem o consentimento da vítima.

Injeção SQL

Essa exploração utiliza a vulnerabilidade de algumas linguagens de programação. Essa exploração funciona principalmente em sites com uma estrutura de código ruim. Por exemplo, um site PHP pode ficar sujeito a um ataque de injeção de SQL. O hacker apenas tenta acessar o banco de dados do site e obtém todos os dados. Informações como dados da empresa, logins de usuário e informações de cartão de crédito tornam-se vulneráveis dessa maneira. Além disso, o invasor também pode baixar, fazer upload ou editar campos nas colunas e linhas dos dados que você está usando. Em outros casos, os hackers podem usar a edição de pacotes, onde roubam os dados à medida que passam entre o servidor e o usuário.

Conclusão

Quando criamos sites, deixamos de reconhecer a possível perda que os hackers podem colocar em nossos negócios de comércio eletrônico. Como resultado, muitos sites são criados para atender um cliente sem um hacker em mente. Os hackers podem executar muitos procedimentos em um site, a maioria dos quais pode envolver roubo, fraude ou uso indevido de informações privadas. Em resumo, a segurança do seu site, bem como a dos seus clientes, depende de você, o proprietário e o administrador. A maioria dos esforços de SEO (Search Engine Optimization) visa aumentar a validade de um site, bem como a visibilidade da SERP. Os hackers podem derrubar um site a esse respeito. O conhecimento dos métodos de hacking pode economizar uma perda significativa da empresa e aumentar a autoridade do domínio nos mecanismos de pesquisa devido à segurança.

mass gmail